Título nacional: Como se livrar de um vampiro apaixonado
Autora: Beth Fantaskey
Ano de lançamento: 2010
Número de páginas: 295
Editora: Sextante
Título original: Jessica´s guide to dating on the dark side

Expectativas são boas e ruins ao mesmo tempo. Eu fiquei curiosa para ler esse livro desde que o vi pela primeira vez nos blogs da vida e ele ainda nem tinha versão em português. Então, quando a Sextante resolveu publicá-lo, fiquei louca pra comprar o meu.

Li em uma semana e minha opinião está sinceramente dividida: parte de mim gostou, parte de mim esperava muito mais do livro de estreia da Beth Fantaskey.

O livro conta a história de Jessica, uma jovem americana prestes a completar dezoito anos e que tem como principal meta fazer de seu último ano na escola um ano memorável. Tudo está indo bem até Lucius, um cara que adora vestir preto e veio diretamente da Romênia aparece. Lucius conta a Jessica que os dois são de importantes famílias de vampiros e que foram prometidos em casamento antes de nascerem, como um acordo de paz entre os clãs. E Jessica não quer nada com o "esquisitão romeno", mesmo as vezes achando que ele seria um bom material pra namorado.

A história tem um ritmo bom e seus momentos engraçados, pelo menos até ir se aproximando do fim. Eu achei uma falha imensa os pais da Jessica passarem o livro inteiro falando e querendo que a filha não se tornasse uma vampira e tivesse uma vida normal e depois mudarem de repente - e a mudança nem é narrada. Muito estranho! Mas tirando esse "furo", é uma boa leitura, diferente do que eu esperava, mas recomendável para passar o tempo nas férias!

2 comentários:

  1. Olá!

    Não gosto muito desse tipo de literatura, mas até que gostei um pouquinho deste livro e possivelmente posso até lê-lo. Resenha crítica, objetiva e sucinta.

    Abraços, sucesso e feliz 2011!

    ResponderExcluir
  2. hm, sei la. Acho que agora tudo que meta vampiros no meio eu tenho um tantinho de preconceito. Cansei das mesmas histórias de adolescentes com vampirinhos no estilo high school. rs.
    To numa fase muito romances antigos, e estou relendo o morro dos ventos uivantes (que, aliás, é citado em crepusculo, infelizmente. rsrsrsrs).

    BJOSSS

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres