Soren é uma pequena coruja que ainda está nos primeiros passos para aprender a voar. Ele cresceu ouvindo as histórias dos heróis conhecidos como Guardiões que derrotaram os puros numa épica batalha, e sonha um dia também poder participar de algo tão importante.

Porém, o irmão de Soren não consegue suportar o ar sonhador do irmão e nem o fato de que Soren ser mais habilidoso. E assim, numa briga, eles acabam sendo sequestrados pelos puros, a antiga ameaça que era considerada extinta.

Dada a situação crítica, Soren só vê uma opção: ele deve fugir de sua prisão e avisar os Guardiões da ameaça que os puros representam. Aí que começa a aventura da pequena e corajosa coruja. Como toda boa saga, ele ganha leais aliados no meio do caminho que o ajudam em sua nobre missão, passa por lugares desconhecidos e desafia seus próprios limites.

O visual do filme é incrível. Apesar de serem corujas, elas tem expressões e trejeitos humanos, mas em nenhum momento você esquece que se trata de uma espécie diferente.Os cenários e cenas de luta também são muito bem feitos e impressionates.

O único problema do filme é a falta de humor para aliviar a tensão. Isso deve afastar as crianças que estão acostumadas com esses momentos. Porém, a narrativa e o visual do filme fazem valer a pena. E a impressão que fica é que vem mais por aí, já que A lenda dos guardiões foi baseado numa série de livros de Kathryn Lasky.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres