Dos mesmo criador de My Name is Earl, a comédia sem noção Raising Hope mostra o cotidiano de uma família pra lá de desestruturada que muda completamente com a chegada inesperada de um bebê, a Princesa Beyoncé, que mais tarde é batizada como Hope.

Aos 23 anos, Jimmy Chance (Lucas Neff) não tem idéia do que fazer com a sua vida. Ele simplesmente não tem nenhum futuro. O cara ganha uns trocados com o negócio da família, limpar piscinas, e vive com a família na casa da bisavó loucona.

A vida de Jimmy muda de rumo, quando ele salva uma linda mulher que estava em fuga. Rola um clima entre os dois e eles se pegam na traseira da van do pai dele. No dia seguinte, ele descobre que a moça é procurada pela policia por matar ex-namorados. Meses depois, quando Jimmy a visita na cadeia, descobre que Lucy está grávida. Logo que a bebê nasce, ele que deve tomar conta desse novo ser.

A série mostra alguns flashbacks de quando Jimmy era pequeno, que provam que os pais dele nunca foram muito responsáveis. Os diálogos são engraçados, os personagens estereotipados, e mesmo com as piadas inapropriadas, não chega a ser ofensivo, é só nojento mesmo, mas que fique claro, é um nojento muito engraçado.

Lá fora ela passa depois de Glee, e foi o primeiro seriado da fall season a ter os 22 episódios da primeira temporada garantidos. Eu adorei!



0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres