Um filme com o Adam Sandler e Seth Rogen (de Ligeiramente grávidos e Pagando bem que mal tem). Será mais uma comédia com piadas sujas com o único propósito de algumas risadas num sábado à noite?
Sim e não.

A história começa quando George (Sandler), que é um comediante de sucesso de stand-up, descobre que tem um raro tipo de câncer e que suas chances de cura são bem desanimadoras. Ele fica desiludido com sua vida sem sentido, cheia de dinheiro e sem nenhum amigo ou uma esposa. Numa noite acaba se apresentando no mesmo lugar que Ira (Rogen), um comediante talentoso que está tentando conseguir sua grande chance. Depois desse primeiro contato, George o contrata para ser seu assistente pessoal e acaba surgindo uma amizade entre eles.

Parece que Sandler está se interpretando no filme, já que George é um comediante que faz sucesso com o mesmo tipo de filmes que ele costuma fazer, do estilo homem em corpo de bebe, ou homem que vira sereia (!?). E Rogen está melhor do que nos outros filmes que assisti dele. Até de aparência (rs). Não está tão chulo, continua sendo o cara sujo que ainda não fez sucesso na vida, mas é também um cara de carater que quase sempre faz a coisa certa.

O filme sai da mesmice até o ponto em que Sandler ainda está doente. A amizade dos dois se fortalece e parece bem verdadeira. O problema é quando George fica curado. Tudo desanda e volta a ser mais um filme de comédia. Porém, apesar do rumo que o filme leva o final é satisfatório, sem ser tão previsível. É legal ver os dois em papéis um pouquinho mais sérios, mas sem perder o bom-humor de sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres