Título Nacional: Os diários de Carrie
Autor: Candace Bushnell
Ano de Lançamento: 2010
Número de páginas: 399
Editora: Galera Record
Título Original: The Carrie Diaries

Diferente de muitas mulheres não sou fã incondicional do seriado Sex and the City. Devo ter visto apenas alguns episódios. Acho divertido, mas nunca me interessei a ponto de acompanhar. Por isso, fiquei curiosa para ler Os diários de Carrie, já que ele conta como Carrie era na adolescência. E tenho que admitir que me surpreendi.

A imagem que tenho de Carrie é da mulher de cabelos esvoaçantes, magérrima, passeando com um cachorro usando saltos altos. Sempre de saltos altos. Mas aqui, ela é apenas mais uma adolescente. Na verdade, uma nem tão comum assim. Carrie é... diferente. Ela é engraçada, vive tentando ser feminista (sem muito sucesso), e principalmente luta pelo que ela quer.

A história do livro não chega a ser tão cativante. As coisas vão acontecendo aos poucos. Mas até que te prende lá pelo meio do livro. Prende pela raiva mesmo. Mas muitas das situações vividas por Carrie podem ter acontecido com todas nós e fica fácil entender pelo que ela está passando, principalmente no quesito amoroso. E quem não fica torcendo pra Carrie conseguir superar o que aconteceu e adora a pequena vingança alcançada no final? Nada mais justo.

Muito do que acontece no livro mostra que nem sempre as coisa acontecem como queremos. Mas se soubermos lidar com a situação, assim como Carrie, podemos tirar o melhor e conseguir o que queremos.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres