Que mentira tem perna curta todo mundo sabe, ou  já ouviu isso pelo menos uma vez quando estava levando um puxão de orelha da mãe. Meu trabalho é um parto mostra que às vezes uma mentira bem contada pode durar até nove meses.

Thea Clayhill (Lindsay Lohan) é assistente numa editora de livros em Los Angeles. Quando ameaçada de ser demitida, ela acaba entrando em pânico e inventa que está grávida. Ela mora com a irmã mais nova e precisa do salário para sustentá-las .

Para sorte dela, a mentirinha não só a ajuda a manter o emprego, como garante uma promoção e a simpatia dos colegas de trabalho. A vida vira um paraíso. O novo desafio é guardar esse segredo, sem que ninguém comece a desconfiar que o barrigão não é de verdade. Para variar, surge também a possibilidade do verdadeiro amor que tem que ser deixado de lado por causa do pai imaginário do bebê imaginário.

O filme é meio B, mas o roteiro é bom e super engraçado. A Thea é muito sem noção e chega uma hora que ela começa a agir como se realmente estivesse grávida, as coisas fogem muito do controle dela. O mais bizarro é a irmã mais nova, Emma Clayhill ( Bridgit Mendler, a Teddy da série Boa sorte Charlie do Disney Channel) sendo a adulta responsável da casa, que minutos depois fazer um discurso sobre a importância da verdade, sai na mão com a Thea pela barriga falsa. 

Um comentário:

  1. Kra, eu tb gostei a beça dessee filme, ri horrores. E cada vez que ela se enrolava mais nas mentiras, eu ficava nervosaaaa
    A parte da piscina então... Não sei como não descobriram kkkkkk
    Adorei!
    bjss

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres