Título Original: My sister's keeper
Autora: Jodi Picoult
Ano de lançamento: 2005
Número de páginas: 499
Editora: Simon & Schuster

Depois de descobrir que o filme Uma Prova de Amor era uma adaptação do livro My sister's keeper, me senti na obrigação de lê-lo. Essa foi uma das melhores decisões que eu fiz! Se O Pacto é um livro incrívelmente bom, My sister's keeper consegue ser ainda melhor. Não tenho dúvidas de que Jodi Picoult é uma das minhas autoras preferidas. Então preparem-se, vou encher esse blog com os livros dela, que não são poucos, e que infelizmente a maioria não tem tradução.

Sem mais enrolação, vamos ao livro.

Anna tem apenas 13 anos e, ao contrário de 90% da população mundial, sabe exatamente para que veio ao mundo. A missão dela é clara e nunca foi segredo, ela foi feita em laboratório para prolongar a vida de Kate, a irmã que teve a leucemia diagnosticada aos dois anos. Depois de várias passagens pelo hospital, Anna resolve dar um basta nisso e entra com uma ação contra a família exigindo emancipação médica.

Essa é a história principal que liga todos os personagens do livro, mas que fique claro, não é a unica história que importa. A narrativa é alternada entre pelo menos cinco personagens, e cada um deles explora uma história paralela e igualmente bem aprofundada. E essa é a magia do livro!

Ao contrário do filme, o livro não é tão focado em Anna e por isso, conhecemos melhor os personagens. Sara, a mãe, aparece como uma mulher que adora comprar roupas pela internet, pelo simples prazer de devolver as que têm algum tipo de defeito. O pensamento dela é sempre voltado para o bem estar de Kate. Brian, o pai, tem muitos arrependimentos sobre a educação dos filhos e questionamentos a respeito de quanto ele perdeu do crescimento dos filhos que não estavam doentes. Jesse, o irmão, se sente culpado por não poder fazer nada pela irmã doente, ele se sente um imprestável, para provar o quanto ele não presta, o garoto vive drogado, bêbado e botando fogo em prédios abandonados. Campbell, o advogado, vive refletindo sobre o passado e as escolhas dele. Quando fica perto de Julia Romano, uma espécie de assistente social do caso da Anna, só consegue pensar no quanto os dois foram felizes na juventude e como tudo acabou, e o mesmo serve para ela.

Não quero entregar muito do que acontece, mas adianto que o final é surpreendente. Jodi Picoult deixa bem claro desde o começo que não existe escolha certa nessa situação e escreve de maneira bastante realista os pensamentos e sentimentos de todos os envolvidos neste caso.

My sister's keeper é super poético e recomendado para pessoas que gostam de chorar. Também é indicado paras os que são ligados em mitologia grega e/ou astronomia.

Um comentário:

  1. Eu gostaria de saber o final da história do livro, pois eu adorei o filme, e fiquei sabendo que o final é completamente diferente!
    Por favor, eu gostaria de saber se a Kate morre ou vive no final...
    Também goataria de saber se o filme é baseado em fatos reais?

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres