"Enfim, viúva" nos conta a história de Ann-Marie, uma milionária francesa que vive descontente com seu casamento. Ela então conhece Leo, um restaurador de barcos e os dois começam um relacionamento. No dia em que Ann-Marie iria anunciar ao arrogante marido que partiria com o amante para nunca mais voltar, ela torna-se viúva devido a um acidente de carro no qual o marido se envolve.

Então toda a família "acampa" na casa de Ann-Marie enquanto tudo o que ela quer é um pouco de paz e ir para a China com Leo. O que eu achei interessante nesse filme foram principalmente as reações dos familiares, o que cada um espera do outro nesse momento de luto entre a família. E o que esperam de Ann-Marie, muito bem interpretada por Michèlle Laroque, que ela não pode corresponder, já que não sente nada mais do que alívio pela morte do ex prepotente - vamos combinar, o cara era um saco mesmo.

Também achei legal o final, que não vou contar aqui, mas que "aquece os corações românticos".

2 comentários:

  1. Ah, esse filme me chamou muito a atenção, e com certeza irei assistir ao mesmo.
    Quanto ao blog, o que posso dizer? É tudo de bom!

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
  2. Own... gostei da sua crítica, vou atrás do filme!

    Bjs
    Mari
    Psychobooks

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres