Título Nacional: A montanha e o rio
Autor: Da Chen
Ano de lançamento: 2006
Número de páginas: 493
Editora: Nova Fronteira
Título Original: Brothers

Em plena Revolução Cultural, o jovem general Ding Long gera dois filhos destinados a fazer grandes coisas na China. Tan é fruto de um casamento poderoso e cresce cercado de luxo, mimado pelos dois avôs. Shento é filho de uma camponesa que se jogou de um penhasco logo depois do parto. Ele é criado nas montanhas por um velho curandeiro.

Os dois crescem em mundo diferentes, desconhecendo a existência do outro. Acompanhamos a adolescência sofrida de Shento num reformatório, e seu amor pela única fonte de esperança em sua vida, a menina Sumi Wo.  Tempos depois, vemos a família de Tan ser expulsa de Beijing, e ele se apaixonando pela moça Sumi Wo.

É assim que o destino ironicamente faz os dois se conhecerem. E se tornarem inimigos mortais por uma série de motivos políticos e pessoais. Acompanhamos a saga dos rapazes e vemos no que eles se transformam. Um tirano desprezível e um rebelde admirável.

A narrativa é alternada entre o ponto de vista dos personagens, geralmente entre Tan e Shento. A trama é super complexa, explorando o romance e a história da China. Prende o leitor por ser tão diferente das histórias ocidentais, mostrando um cultura extremamente interessante. É um livro despretensioso e cheio de reviravolta. Da Chen escreve de maneira direta e poética, com algumas passagens chocantes e desagradáveis, e outras apaixonantes de tão sensíveis. O final é surpreendente.

2 comentários:

  1. Já ouvi falar desse livro,e me falaram que é maravilhoso...Uma lição de vida
    Fiquei super curiosa para ler

    adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  2. Comprei esse livro não faz nem um mês e fiquei feliz em ver uma resenha dele. Sempre é bom ter uma opinião antes de começar a ler!

    Já estou seguindo o blog. Passa lá pelo meu, segue e participe das promoções.
    ;**

    http://janinestecanella.blogspot.com/

    Nine

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres