Phil (Steve Carrel) e Clara (Tina Fey) são um casal típico de subúrbio americano. Ele trabalha bastante e longe de casa, ela tenta conciliar o trabalho com os filhos. Eles vivem numa espécie de acomodação no casamento. Parecem bem com isso até o dia em que eles descobrem que o casal de amigos, que parecia perfeito, vão se separar. E agora?

Numa tentativa para reavivar o casamento, Phil resolve levar a esposa para jantar em um novo restaurante chique de Nova York. Só que ao chegar lá, eles não conseguem uma mesa e acabam pegando a reserva de outro casal que não aparece. E a confusão começa aí.

Aparentemente o casal de quem eles usaram a reserva estão envolvidos em algum problema com um grande criminoso da cidade e os seus capangas começam a perseguir o casal atrás de um pen drive que contem informações importantes.

Normalmente, Carrel costuma apelar para o humor em suas caretas, assim como Carrey. Porém, nesse filme ele não precisa apelar para isso. A maioria das piadas se baseia na situação em que o casal se mete, ou no comportamento, tanto deles como das pessoas que eles encontram pelo caminho. Há cenas impagáveis em que os dois se "disfarçam", por assim dizer. E nessas cenas é possível ver o talento dos dois.

Ótimo filme para se poder se divertir com um humor inteligente e de bom gosto. Mas sem perder a vergonha alheia de sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres