Título Nacional: Cabeça de Vento
Autor: Meg Cabot
Ano de Lançamento: 2008
Número de páginas: 319
Editora: Galera Record
Título Original: Airhead

É difícil acreditar que esse é o primeiro livro da Meg resenhado aqui no blog, considerando que ela é minha escritora favorita. Mas eu tenho uma desculpa: eu não sei se isso acontece com vocês também, mas quando eu gosto muito de uma coisa, eu não quero que acabe. E é assim com os livros da Meg, eu os leio com cuidado para que eu não acabe ficando sem um dela pra ler por muito tempo. É, eu sou esquisita.

"Cabeça de Vento" conta a história de Em Watts, que um dia é obrigada pelos pais a acompanhar sua irmã mais nova, Frida, na inauguração da megaloja Stark, porque a irmã está com uma paixonite pelo cantor britânico que se apresentará por lá. Outro ídolo da irmã também estará presente, a super modelo Nikki Howard, já que é a nova garota propaganda da loja. Só que esse evento atrai protestantes contra o monopólio e o capitalismo selvagem que estão revoltados com o fato da Stark acabar com a economia local. E é por causa deles que a vida de Em e Nikki se mistura de forma inesperada e pelo jeito, para sempre.

Esse livro é mais interessante ainda pois é o primeiro da Meg que pode ser classificado como ficção científica! E pra quem pensava que a rainha do chick-lit não conseguiria desenvolver uma boa história em outro gênero, nossa, se enganou muito! A história passa rápido, te prendendo do início ao fim. Aliás, não tem bem um final, porque "Cabeça de Vento" é o primeiro livro de uma trilogia, então muita coisa foi deixada para ser resolvida nos outros dois (ou não). Eu acho que vale muito a pena ler esse livro, cinco estrelas!

Um comentário:

  1. Adoro a Meg, sou mt fã dela e ganhei esse livro em uma promoção. Fiquei mt contente!!!! Pretendo lê-lo em breve. A Meg é demais, ela escrever qualquer coisa e consegue encantar todo mundo!!!! rsrs
    Beijosss

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres