Título nacional: Lonely Hearts Club
Autoras: Elizabeth Eulberg
Ano de lançamento: 2011
Número de páginas: 238
Editora: Intrínseca
Título original: The Lonely Hearts Club


Penny Lane Bloom, depois de algumas decepções amorosas decide cortar o mal pela raíz: promete não sair mais com os rapazes, pelo menos até acabar o colegial. Então ela cria um clube, que dá o título do livro - de início somente ela é membra, mas depois outras garotas vão aparecendo.


Regado a muito Beatles e valorização da amizade, Lonely Hearts Club é um livro que dá pra definir em uma palavra: meigo. Tem tudo pra ser uma leitura divertida, e é, se você não for começar a ler esperando o maior e melhor livro da História.

Os pais da Penny são muito engraçados, mas aparecem pouco. Eles são tão beatlemaníacos que é até exagerado, mas dá pra notar logo de cara, pelo nome da Penny né. E tem o Ryan também, que é amigo de conversa perto da porta do armário. Os dois são legais juntos, mas eu não gostei tanto dele quanto as outras pessoas que leram o livro parecem ter gostado.


Outra coisa muito legal do livro é a personagem principal: Penny pode até ser meio chatinha no começo, mas depois com o desenvolvimento do grupo se torna uma garota bem mais confiante. Não só ela, mas também as amigas. É um livro que eu acho importante as meninas mais novas lerem, pois estão naquela fase do colégio "faço tudo pra agradar um garoto!" quando na verdade deveria ser "o que me agrada?". É muito importante essa valorização de si e das amizades.

Na verdade, eu não acho que é importante só para as meninas que ainda estão no colégio. É importante pra todo mundo, de qualquer idade. É um livro pequeno, leve e divertido, mas que passa uma mensagem muito interessante. Eu se fosse você, leria!

Um comentário:

  1. Olá!

    Ah, eu lerei este livro em breve, mas mal posso esperar! Só tenho visto boas opiniões acerca do mesmo. E parece que ele é fininho, né? Deve ser uma leitura agradável.
    Eu apreciei a sua resenha crítica, embora positiva (eu falo e reforço: há muitas "resenhas" que só tecem elogios sem nenhuma reflexão profunda). Muito bom!

    Abraços!

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres