A comédia Simplesmente Complicado aposta no famoso mais do mesmo romântico e considera os personagens mais velhos um diferencial.

Há dez anos Jane (Meryl Streep) se divorciou de Jake (Alec Baldwin) por ele ser um safado traidor sem vergonha. Desde então ela leva uma vida bem sem gracinha, sem sexo e solitária. Tudo isso muda quando ela se solta na festa de formatura do filho e sem querer vai para a cama com o ex-marido, que atualmente é casado com a ex-amante muito mais nova.

Essa escapada era tudo que Jane precisava para reacender a velha chama da paixão, nem vou entrar na questão de como é ridículo ela precisar de uma "rapidinha" para se sentir bem sobre quem ela é, e ela passa a ter um caso com Jake. A situação fica ainda mais complicada quando ela conhece e se interessa pelo arquiteto Adam (Steve Martin).

Não posso dizer que o filme é ruim, na verdade, é tão bom quanto qualquer comédia romântica e funciona muito bem para o propósito que foi criado, fazer rir. O elenco é íncrivel, Meryl Streep e Alec Baldwin arrasam e é difícil levar Steve Martin a sério, mas quem rouba a cena é John Krasinski, que faz o papel do genro. Acredito que valha a pena assistir, é sempre bom encontrar motivos para dar risada.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres