Coração de Cavaleiro
Quando o pobre William (Heath Ledger) era apenas uma criança, sonhava em mudar as suas estrelas e se tornar um cavaleiro. Depois de algumas mentiras sobre um passado que não lhe pertencia, ele conseguiu entrar no mundo nobre com o qual sempre sonhou e nada melhor do que uma música de própria autoria para expressar tamanha felicidade. Esse filme marcou a minha adolescência e sei que o assisti, pelo menos, umas 365 vezes. Além dessa pequena canção, a trilha sonora é incrível, assim como a memorável cena de dança.
Um Amor para Recordar
Quem diria que a filha do pastor, uma garota conhecida por usar sempre o mesmo suéter e ser totalmente certinha, poderia sensualizar cantando em uma peça da escola?  Quando Jamie Sullivan (Mandy Moore) se produz, abusando do bom e velho decote, e sobe ao palco para cantar Only Hope, da banda Switchfoot, rouba a cena e o coração do galã levemente inclinado para o mal Landon (Shane West). Outra canção muito conhecida por fazer parte da trilha sonora do filme é Cry, também interpretada por Mandy Moore.

Como Se Fosse a Primeira Vez
Se conquistar uma pessoa pela primeira vez já é algo bastante complicado, imagine repetir essa façanha diariamente. O veterinário Henry (Adam Sandler) precisa reconquistar o amor da vida dele todos os dias, pois Lucy (Drew Barrymore) sofre de um problema de memória que a faz reviver o mesmo dia eternamente. Nada melhor do que uma fogueira e um violão para manter acesa a chama da paixão, e é nesse cenário que Henry canta Forgetful Lucy.

Ps. Eu Te Amo
Até a pessoa menos romântica do planeta sonha em encontrar uma pessoa que a ature nos dias de chatice extrema. Holly Kennedy (Hilary Swank) encontrou o amor da vida dela na Irlanda. Gerry (Gerard Butler) era um cara engraçado, com repertório variado. Ele arrasava cantando Love You Till the End, de The Pogues, ou Galway Girl, de Steve Earle, assim como mandava bem sensualizando ou no Karaoke. Holly também teve a chance dela de brilhar com Love You Till the End, mas não foi lá essas coisas.

Grande Menina, Pequena Mulher
Ser adulto não é fácil, mas esse é o tipo de coisa que a gente só descobre depois de crescer. Molly Gunn (Brittany Murphy) sempre foi rhyca, phyna e mimada. Ela é obrigada a começar a trabalhar quando o contador foge com todo o dinheiro que os pais deixaram para ela de herança. A unica pessoa desesperada o suficiente para contratá-la é uma executiva que precisa de uma babá para a filha Ray (Dakota Fanning), uma menina de oito anos com a mentalidade de uma idosa. Para piorar, Molly se apaixona por Neal, um músico que se sente sufocado pelo amor dela. Nada mais bonito do que ver a pessoa que você ama cantando a canção que seu pai escreveu para você, nesse caso, Molly Smiles.

2 comentários:

  1. O que seria de um filme sem as canções? Eu amo a trilha de Um Amor Para Recordar e acho super bonitinha as músicas de Grande Menina, Pequena Mulher e PS - Eu Te Amo.

    Adorei seu post e seu blog.

    Seguindo.

    Beijos!!

    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  2. HEUHAEUHAEUHEA Levemente inclinado para o mal foi ÓTIMO. ri demais... kkkkkk
    E galway girl foi IRADISSIMO. Gerard butler é uma delícia *.*

    Bjos! Rebeca!

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres