Ryden tem sua vida planejada desde o colegial. E tudo seguiu de acordo com os planos: boas notas, bolsa de estudos, boa faculdade, entrevista marcada para trabalhar na empresa que ela sempre sonhou. Só que, depois da formatura, as coisas não saem bem como ela esperava. Então ela volta para a casa dos pais, até encontrar um "rumo" para seguir agora que o planejamento foi pelos ares.

É um filme leve, apesar de tratar de um assunto que apavora muita gente: me formei na faculdade, e agora? O que ajuda na leveza do tom do filme é a família de Ryden, um parente mais estranho e engraçado que o outro.

Infelizmente, acho que o filme falha ao abordar superficialmente a crise profissional e focar mais no lado romântico. Quer dizer, a crise existencial pós-faculdade está lá, mas bem pequena diante do melhor amigo gracinha e do vizinho "mais velho" que é o Rodrigo Santoro.

Enfim, é um filme que vale a pena ser visto sem criar muitas epectativas e sem ficar esperando ver a Rory de Gilmore Girls na tela, porque com a Ryden são outros quinhentos...

Um comentário:

  1. Hááá, adivinha do que eu lembrei vendo esse post? hahahaha.... do Studio Shelf com a série Elliot & Bowie! :D Super tudo!
    Não vi esse filme ainda, acredita? Vou baixar pra ver, fiquei mais curiosa ainda ao saber que o Zach Gilford era apenas amigo e não o namorado dela, como eu pensava que fosse.... O_O

    Bjos, becs.

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres