Aquela canção do Bob Dylan nos diz: "Forever young, may you stay forever young" ("Jovem para sempre, que você fique jovem para sempre"). A juventude certamente é uma época memorável e extremamente valorizada pela sociedade. E essa valorização do que é jovem - muitas vezes desvalorizando e encarando o envelhecimento como a pior coisa que poderia acontecer - acompanha a humanidade desde sempre, e em 1891, Oscar Wilde escreveu um livro totalmente excelente exatamente sobre isso.

Muitos e muitos anos depois, baseado nesse livro, foi lançado um filme, oficialmente em 2009, mas aqui no Brasil só esse mês (obrigada por ter ganho o Oscar e ficado em evidência, Colin Firth!).

O filme conta a história do jovem Dorian (Ben Barnes) que muda-se para Londres após a morte do avô para tomar conta da mansão que herdou. Lá, ele conhece Basil (Ben Chaplin) e o Lord Henry (Colin Firth). O primeiro fica realmente fascinado por Dorian e pinta um retrato dele, já o segundo decide "apadrinhar" o jovem e lhe apresentar todas suas filosofias e práticas de vida, pois Dorian é jovem e esse é o momento de viver intensamente, já que depois ele ficará velho e aí adeus. Mas e se ele não tivesse que envelhecer? E se, de alguma forma - vendendo sua alma, talvez? - Dorian pudesse ser jovem (e viver como um) para sempre?

Eu já tinha assistido ao filme ano passado e revi no cinema hoje. A impressão que tenho é a mesma: é um baita filme, mesmo que não siga exatamente a história criada pelo Oscar Wilde, merece ser visto. Na minha opinião, o Ben provou que pode ser um excelente ator fora de Nárnia nesse filme! E o Colin Firth é difícil até de comentar, como esse cara arrasa! O personagem dele as vezes até parece ser mais protagonista do que o próprio Dorian! É muito bom. Gosto muito também da Rebecca Hall como Emily, ela era sufragista, lutando pelo direito das mulheres votarem - uma graça, uma graça! Enfim, o que eu tenho a dizer é: corram para o cinema e assistam esse filme, vale muito a pena.

Um comentário:

  1. Esse filme parece bem legal com uma otima historia e bons atores!!

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres