Eu não sou fã de Star Wars. Não assisti todos os filmes e não me lembro daqueles que assisti. Mas garanto que Fanboys desperta em qualquer um que assista, sendo fã ou não, o sentimento de ser parte desse grupo.

Eric Bottler (Sam Huntington) se encontra com a gangue os velhos amigos da escola, Linus (Chris Marquette), Hutch (Dan Fogler), Windows (Jay Baruchel) e Zoe (Kristen Bell), numa festa a fantasia. Logo fica claro que ele foi o único amadureceu desde a formatura, já que agora é um vendedor de carros de sucesso e o resto do povo continua levando a mesma vidinha mais ou menos. Outra coisa que Eric percebe é que a unica coisa em comum entre eles, que sobreviveu ao tempo, é o amor por Star Wars.

Até aí, tudo bem. As pessoas mudam, é a vida. O problema é que o Episódio I - A ameaça fantasma estréia em seis meses e Linus foi diagnosticado com câncer e apenas mais quatro meses de vida no dia seguinte ao encontro na festa. O jeito é atravessar o país para invadir o Rancho Skywalker e roubar o filme, para que Linus possa descansar em paz depois de assistí-lo.

Mais do que uma homenagem aos fãs da série mais clássica da ficção científica, Fanboys é uma homenagem a amizade verdadeira que mistura drama e comédia com várias citações da cultura pop e nerd. O filme foi feito com carinho, o roteiro muito bem pensado e as histórias paralelas bem boladas. Apesar de não ter sido recebido de maneira positiva pela crítica, eu acho que vale a pena ser assistido, sendo fã ou não.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres