Título Nacional: Tequila Vermelha
Autor: Rick Riordan
Ano de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 432
Editora: Record
Título Original: Big red Tequila

Jackson Tres Navarre é uma combinação interessante. Ele é um detetive particular sem licença, Phd em Letras, mestre em Tai Chi e um exímio bebedor de tequila.

Depois de dez anos afastado de sua cidade natal no Texas, ele volta a pedido de uma ex namorada de escola para tentar reviver esse relacionamento, mas na verdade sua verdadeira intenção é resolver o assassinato de seu pai, há dez anos sem solução.

Apesar de ser Phd em Letras dá impressão de que Tres tem especialidade em arrumar problemas. Logo que chega à cidade, ele consegue enfurecer o mafioso da cidade, ser ameaçado por uma dupla de tatuados, ter sua namorada sequestrada e, de quebra, ganha vários hematomas ao longo do caminho.

Nesse livro, Rick Riordan foge dos temas infanto-juvenis e mitológicos e embarca de cabeça no gênero policial. E consegue mais uma vez conquistar com uma história cativante. Como em todos os seus outros livros, o trunfo está na personalidade forte de seu protagonista. O humor ácido e auto depreciativo de Tres é irresistível e acompanhar as missões kamikaze então, nem se fale.

Tequila Vermelha é o primeiro volume de uma série que acompanha vários casos do detetive particula/imã de problemas Tres, mas isso não significa que a história fique sem uma solução (Ufa!). Recomendado para todos aqueles que curtem uma boa investigação policial com uma boa dose de humor.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres