Título: Voo de Borboleta
Autora: Madô Martins
Ano de Lançamento: 2009
Número de páginas: 120
Editora: Leopoldianum

Uma leitura leve e prazerosa: é assim que posso resumir minha opinião sobre o livro, que reúne 53 crônicas da jornalista Madô Martins. Ela é de Santos e estudou na mesma faculdade onde eu e as meninas aqui do blog frequentamos. Depois de anos trabalhando como repórter hoje ela é colunista do jornal A Tribuna, onde publica - ou melhor, nos abençoa! - suas crônicas aos domingos.

O que vale a pena nesse livro é poder ter em mãos um apanhado de crônicas de Madô, que tem um estilo mágico de escrever. Eu explico: na minha opinião, os textos dela são mágicos pois valorizam e relembram para nós a beleza infinita das pequenas coisas e momentos que nos cercam. Dizem que é essa a verdadeira felicidade, saber aproveitar a mágica escondida na rotina. Tudo pode render uma boa crônica. E ainda mais uma cidade bonita como Santos!

Outro ponto vantajoso, principalmente para quem está em período de readaptação as aulas ou ao trabalho depois das férias é que o livro é pequeno. Uma viagem de ônibus pelas ruas da cidade ou um intervalo para o café bastam para ler, e melhor ainda, se deliciar com as crônicas mágicas da Madô. Essa pode ser tanto uma vantagem quanto uma desvantagem, porque se você gostar do livro tanto quanto eu gostei, vai terminar a leitura com aquele gosto de quero mais! Além disso, é um incentivo a leitura de autores brasileiros: você pode começar por crônicas, depois ir se acostumando e passar para os romances. Tem muita coisa boa na literatura brasileira, e a Madô Martins está certamente nessa categoria.

Um comentário:

  1. Sou muito pé atrás com literatura brasileira, principalmente contos e crônicas, mas gostei da parte "dizem que é essa a verdadeira felicidade, saber aproveitar a mágica escondida na rotina". Quem vive em uma rotina precisa disso. :(

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres