Título Nacional: Tem alguém aí?
Autor: Marian Keyes
Ano de Lançamento: 2010
Número de páginas: 593
Editora: Penguin / Galera Record
Título Original: Anybody out there

*Só para constar: eu li a versão em inglês.


Comecei a ler o "Tem alguém aí?"sem saber bem ao certo qual era a história dele. É tudo um pouco confuso no início. Você não sabe direito o que aconteceu, mas tem algumas ideias.

Anna, a personagem principal, é uma das nossas queridas irmãs Walsh (aquelas do Melancia, Férias e Los Angeles). Ela sofre com uma grande perda e o livro mostra como ela lida com isso. Não quero contar muito mais do que isso para não estragar certas surpresas.

"Tem alguém aí?" é dividido em três partes. A primeira mostra, digamos, a fase da negação de Anna; a segunda é a fase em que ela começa a lidar com a situação, passando pela  depressão e pela raiva; a terceira mostra como ela consegue superar a perda. O esquema é o mesmo dos anteriores, alternando presente e passado a cada capítulo.

A história, como todas de Marian, é bem humana e comovente. Essa, em especial, deve ser uma das mais tristes da autora. Porém, o final foge do previsível e mesmo assim consegue deixar o leitor satisfeito. É um final feliz, mas é um final real.

Uma coisa legal do livro é rever os personagens dos outros livros, como a Claire, a Rachel e a Margaret. Mas achei que a Claire e a Rachel estavam muito diferentes do jeito que elas eram nas suas histórias, até mesmo o pouco que se sabia da Anna está diferente. Será que pessoas conseguem mudar tanto assim?

Um comentário:

  1. Eu nao gostei do livro Melancia, parei na metade. Mas este até parece interessante.

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres