A tag "5 luxos e 1 lixo" foi inspirada na antiga coluna com esse mesmo nome na revista Superinteressante e na das meninas do blog Nem um Pouco Épico.

Olá! Aproveitando que hoje é dia dos namorados, decidi listar aqui algumas pérolas entre o gênero romântico no cinema - e também um filme ruim porque é bom falar mal das coisas as vezes né... Os luxos não estão em nenhuma ordem de preferência, eu certamente recomendo todos não só para assistir hoje como sempre!

5 luxos


 Esse filme é totalmente excelente. Eu nem sei como começar a explicar! Ele conta a história de duas mulheres meio cansadas das suas vidas que decidem trocar de casa por um tempo - então a Iris (Kate Winslet) vai para a mansão da Amanda (Cameron Diaz) em Los Angeles e a Amanda vai para a casa pequena e charmosa da Iris na Inglaterra. E é claro que um monte de coisa legal acontece, inclusive o Senhor Cabeça de Guardanapo (deixarei o mistério no ar para quem não assistiu o filme!) e trilha sonora bonita.

Clássico até a última folha de árvore que cai na linda paisagem do interior da Inglaterra. Se você ainda não leu esse livro ou viu o filme, já tá mais do que na hora de tirar esse atraso. O filme é bem fiel ao livro, que conta a história das cinco irmãs Bennet. É 1797 e um novo vizinho chega a região fazendo com que a mãe das garotas fique toda animada em casar uma delas com ele. E o rapaz novo veio com um amigo bonitão chamado Mr Darcy que eu nem vou falar nada sobre além de "ai ai"...

Clássico da Sessão da Tarde! Eu já assisti esse filme um milhão de vezes, e sempre que posso paro tudo para assistir novamente, porque é fofura pura. Josie (Drew Barrymore) é uma jornalista que tem uma oportunidade de crescer e ser notada no jornal que trabalha fazendo uma reportagem infiltrada em uma escola de ensino médio, como se fosse aluna. Muitas confusões, risadas e momentos fofos! E esse filme ganha também o prêmio de professor mais gato do universo, que vai para o Michael Vartan como teatcher Sam.





Jenna (Jennifer Garner) deseja tanto em seu aniversário de 13 anos ter 30, ser confiante e bonita, que tudo acaba se realizando. O par romântico dela é o Mark Ruffalo em seu grau máximo na escala de fofo-amigo-vizinho de infância-fotógrafo-boy magia. E esse filme tem a melhor cena de dança do universo (estou dando bastante prêmios hoje, já é o segundo...): a festa na qual eles dançam Thriller, do Michael Jackson. Não tem como não sorrir e se sentir melhor com a vida depois de assistir esse filme.

Esse filme é um How I Met Your Mother resumido em algumas horas ao invés de oito temporadas. Maya (a fofa da Abigail Breslin) quer que seu pai, Will (Ryan Reynolds) conte como conheceu a mãe dela, e ele conta a história com três possíveis candidatas a mãe mudando os nomes delas para que fique mais difícil da garota adivinhar quem é. Muito, muito gracinha. É legal que eu posso ter ataques de fangirl toda vez que vejo esse filme porque tem a Rachel Weisz e ela canta (e  muito bem! Sim, eu sou fangirl da Rachel). Assistam, é muito divertido.


1 Lixo


Gente, que filme é esse? Eu não sei nem por onde começar. É bom encarar a "realidade" as vezes, a vida não é exatamente um filme romântico que nem os aí acima, mas dá licença, posso me iludir um pouco por favor? Obrigada! Esse filme é entediante, de doer o coração e cheio de histórias com as quais talvez até gerem identificação do público, mas que são chatas! Terrível! 

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres