Título nacional: Cilada
Autora: Harlan Coben
Ano de lançamento: 2010
Número de páginas: 272
Editora: Sextante
Título original: Caught


Cilada foi o primeiro livro de Harlan Coben que eu li. Não sei se todas as obras do autor são assim, mas adorei a trama cheia de surpresas e reviravoltas.

Apesar do prólogo desse livro ser narrado por Dan Mercer, um assistente social solitário que trabalha com adolescentes, e a história toda girar ao seu redor da questão de ele ser ou não ser um pedófilo, ele não é o protagonista da história. A personagem principal é Wendy.

Wendy Tynes é uma repórter que trabalhava num programa televisivo chamado Flagrante que armava emboscadas para pedófilos. Trabalhava porque ela perdeu o emprego depois de denunciar Dan Mercer que supostamente tentou seduzir uma garota de 13 anos pela internet. O problema é que Dan é inocentado por falta de provas e Wendy perde o emprego pela notícia mentirosa. Mas é óbvio que a história não acaba por aqui. O pai de uma das “vítimas” de Dan resolve fazer justiça com as próprias mãos e mata Mercer, deixando apenas uma testemunha: Wendy.

A partir desse momento, a dúvida de ter destruído a vida e causado a morte de um inocente passa a pesar na consciência de Wendy. Por isso ela vai atrás da história verdadeira e acaba descobrindo uma rede de mentiras muito piores do que qualquer coisa que ela poderia imaginar.

Enquanto isso, em algum outro ponto da cidade, a policia investiga o desaparecimento de uma jovem de 17 anos, Harley Macwayd. O caminho dos dois casos se cruzam, fazendo com que a polícia acredite que ela pode ter sido a última vítima de Dan. Por mais que Wendy não saiba mais no que acreditar, ela não tem outra opção se não mergulhar de cabeça na apuração dos fatos.

O livro tem um ritmo frenético e cheio de revelações que mudam o rumo das coisas. Metade do tempo você não sabe no que acreditar e na outra metade você descobre que entendeu tudo errado. E mesmo que o quebra-cabeça seja surpreendente, o final foi meio óbvio.

É uma história sobre culpa e perdão muito boa.

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres