Título nacional: Morte e vida de Charlie St. Cloud
Autor: Ben Sherwood
Ano de lançamento: 2010
Número de páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Título original: The Death and Life of Charlie St. Cloud

Charlie St. Cloud era um dos jovens mais promissores da pacata cidade de pescadores onde morava. Era conhecido por ser responsável, bonito, inteligente e bem sucedido em tudo que praticava. Além disso, Charlie sempre admirado por ser muito ligado ao irmão mais novo, Sam. 

A vida dos dois muda completamente quando resolvem assistir um jogo de baseball escondidos. A aventura se transforma em tragédia quando eles sofrem um acidente no caminho de volta para casa, os dois morrem e apenas um volta.

Antes de voltar para o mundo dos vivos, Charlie promete para Sam que estará sempre ao seu lado. Para isso ele conta com o dom de ver, ouvir e tocar os espíritos que estão no limbo. Treze anos após o acidente, Charlie continua honrando a promessa, e joga baseball com Sam todos os dias durante o por do sol. O dom dele tem alguns limites que o obrigam a abandonar os sonhos adolescente e trabalhar como zelador de um cemitério. Sem esquecer que o compromisso com o irmão dificulta manter a sinceridade necessária para um relacionamento dar certo. 

O plano de viver sem fazer planos vai por água abaixo quando Charlie conhece Tess...

A trama é interessante e os personagens cativantes, com certeza é uma leitura que vale a pena, mas falta um pouco de emoção.O começo da narrativa vende algo que o livro não consegue cumprir, dando a impressão de que está faltando alguma coisa para dar liga a história. Mas nem por isso deixa de ser uma boa homenagem ao amor em seus diferentes tipos. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres