Alguém já disse: a expectativa é a mãe da frustração. Pode ser um jeito pessimista de encarar a vida, mas as vezes é verdade. Com os livros isso também acontece. Aguardamos ansiosamente pela leitura e quando viramos a última página... que decepção! Muitas vezes nem é questão do livro ser ruim, mas apenas não ser tudo o que esperávamos.



#1 - Alta Fidelidade, Nick Hornby

Agora sinto os olhares reprovadores de todos os fãs desse livro. Calma pessoal, não me julguem tão depressa! O problema que eu tive com o livro é o seguinte: eu estava esperando um livro excelente, que fosse mudar a minha vida, mas... encontrei um livro bom, interessante, mas cheio de mimimi de um cara que levou o fora da namorada e então relembra todos os pés na bunda que já tomou na vida. Lá pelo terceiro término de namoro eu já estava cansada. É legal ver como o Nick Hornby escreve bem e como o Rob Gordon é uma verdadeira enciclopédia musical, mas a dor de cotovelo eterna e o fato de ele ser cheio de preconceitos musicais (na verdade, todo mundo tem um pouco disso...) me decepcionaram. Por Nathaly






#2 - Pegasus e o Fogo do Olimpo, Kate O'Hearn

O grande e único motivo que me fez ler esse livro era que a história envolvia mitologia grega. O que posso fazer? Realmente amo o assunto. Pena que aqui ele foi altamente mal utilizado. A sinopse de uma menina de 13 anos que encontra um pegasus no terraço de casa é mais que o suficiente para pelo menos prender o leitor, mas com um desenvolvimento confuso e uma linha de história boba a autora falha em tentar criar um história infanto-juvenil envolvente. Não fiquei nem um pouco curiosa em continuar acompanhando os outros volumes da série. Por Giselle







#3 - Série The Hause of Night, P.C. Cast; Kristin Cast

Já li livros ruins e bons, mas o que mais me irritou e me decepcionou foi essa série. Não, não foi em um livro só em que as autoras foram infelizes. Elas começaram a meter o pé na jaca à partir do segundo volume, em que muita coisa ficou perdida, fora do normal (entenda que digo normal para o universo que foi criado para a trama) e entendiante. A série tinha tudo para ser boa, mas a cada livro que se passa, a protagonista fica mais sem noção e os personagens secundários cada vez mais confusos. Não posso esquecer de mencionar o fato de a história, narrativa, contexto e diálogos serem extremamente ruins. As autoras quiseram colocar muita coisa junta e acabaram se perdendo bonito no decorrer da história. Li até metade do livro "Queimada" (sétimo na ordem) e não consegui terminá-lo. Também, não tenho vontade nenhuma em continuar lendo essa série interminável e tenho até arrepios só de pensar como a continuação dessa saga irá acabar. Só tenho a acrescentar que, as minhas continuações para esse terrível  lapso seriam: entediada, assassinada e sepultada; fim de papo. Perdoem-me os fãs! Por Robertha

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres