Depois do final abrupto de Leaving Paradise quem não ficou desesperado para ler a continuação Return to Paradise?

Caleb deixou a cidade há oito meses e deixou para trás uma irmã gótica, uma mãe na reabilitação, um segredo e claro, sentimentos não resolvidos por Maggie. O pior é que ele se meteu com as pessoas erradas e acabou envolvido numa apreensão de drogas e o único jeito se livrar da cadeia é sair numa viagem de quatro semanas num programa para prevenir jovens de dirigirem bêbados. Um programa que Maggie também está participando. E agora eles têm que tentar conviver e dar um desfecho para o que aconteceu entre os dois desde o acidente.

A tensão entre os dois é palpável desde os primeiros momentos, o que gera vários momentos engraçados e frustrantes ao mesmo tempo. Apesar de ser uma continuação, o clima de Return to Paradise é bem mais adulto. Caleb está dando uma de menino revoltado e tomando atitudes precipitadas e tratando a todos mal, tentando mostrar o quanto ele não se importa. E Maggie está bem mais confiante de que pode seguir com sua vida apesar das limitações de sua condição.   

É impossível não perceber como os personagens evoluíram e é interessante ver como eles resolvem lidar com todos os seus problema e arrumar as pontas soltas que foram deixadas pelo livro anterior. Return to Paradise é uma delícia de ler e a cada página você quer saber mais sobre a história dos de Caleb e Maggie. Recomendo.  

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres