Título Nacional: A pirâmide vermelha
Autor: Rick Riordan
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 448
Editora: Intrínseca
Título Original: Kane Chronicles 01: The Red Pyramid

A vida de Sadie e Carter nunca foi muito normal. Eles são filhos de um egiptólogo e uma antropóloga, dois obcecados pela cultura egípcia. Depois da misteriosa morte da mãe, o destino fez com que os irmãos se separassem. Sadie foi morar na Inglaterra, com os avós, e Carter virou um cidadão do mundo, na companhia do pai. A família se reencontra apenas dois dias por ano.

Por causa dessa divisão, Sadie ficou com a vida comum: a rotina de ir para a escola, ter amigos, um lar. Para Carter sobrou um estilo de vida diferenciado, o que significa que ele se veste como um velho e carrega todos os seus pertences em uma mochila. A distancia os transformou em estranhos e os levou a acreditar que o outro ficou com a melhor parte. 

O que nenhum dos dois poderia imaginar é que num desses poucos encontros, os destino se encarregaria de uní-los para salvar o mundo do deus Set. 

Não é nenhuma novidade que Rick Riordan é especialista em misturar mitologia com o mundo moderno. Ele não passa vergonha com A Pirâmide Vermelha. A narrativa alterna entre Sadie e Carter, e por serem dois adolescentes é bastante inocente, beirando a ingenuidade. O autor sabe como explorar o mundo pelos olhos de pessoas bem jovens. Assim como em Percy Jackson, a mitologia não é aprofundada, mas isso não atrapalha o entendimento da obra. 

A história é ótima, os diálogos são engraçados, os personagens bem trabalhados e o enredo é bastante inteligente. Rick Riordan sabe como dar vida aos deuses, sejam gregos ou egípcios. 

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres