Nesse filme, nada é o que parece. Pode parecer clichê começar um texto sobre um suspense com essa frase, mas não encontrei uma que melhor resuma o que acontece em "A Casa dos Sonhos". E, se como eu, você é daquelas pessoas que adora um bom suspense e ir para o cinema sem saber nada de antemão, não assista o trailer. Eu não sei qual é a desse pessoal que faz trailers, mas o desse filme entrega de bandeja informações que seriam muito mais legais se descobertas durante a sessão de cinema, e não antes dela. 


A Casa dos Sonhos conta a história de uma família, constituída por Libby (Rachel Weisz), Will (Daniel Craig) e duas filhas pequenas, que decide sair da agitação da cidade e ir morar em uma casa no subúrbio. 


Já vivendo em sua "casa dos sonhos", Will e Libby descobrem que ela foi cenário de acontecimentos bem sinistros e mal resolvidos no passado, e é claro que isso acaba afetando muito toda a vida tranquila que eles tinham planejado. 


E isso é tudo o que eu posso contar sem entregar (ou estragar) o filme. É um suspense muito bem feito, de fazer você apertar as mãos ou engasgar com a pipoca no cinema. Quando você pensa que resolveu a charada, a tal charada vai lá e muda, e você fica paralisado sem saber no que acreditar. Pra quem gosta de filmes com um bom roteiro e atores ótimos, pode colocar A Casa dos Sonhos na lista de filmes a serem assistidos urgentemente!

Um comentário:

  1. Um filme que me deu vontade de assistir graças a sua resenha deliciosa.

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres