2015 já está quase aí e o que não poderia faltar era nossa lista de melhores do ano. Esperamos que vocês tenham tido ótimas leituras nesse ano e que venham muitas outras em 2015!
Aqui vai nossa lista:

Giselle

Trilogia Just One Day - Gayle Forman



Resolvi trapacear um pouquinho na lista e escolhi esses três livros para o meu primeiro lugar. Só que isso é super justificável porque sem um o outro não faria sentido. É preciso ler todos para acompanhar a história de Allyson e Willem que ao se conhecerem e passarem apenas um dia juntos mudam totalmente o rumo de suas vidas. Os livros tratam muito além de uma história de amor, eles falam sobre como encontrar quem somos não importa o caminho que temos que seguir. Esses livros não só entraram para a lista de melhores de 2014, mas sim para minha lista de melhores livros, por isso recomendo muito a leitura. 

O bicho-da-seda - Robert Galbraith




Como todos sabem, Robert Galbraith é o pseudônimo de J.K. Rowling. Gostei muito de "O chamado do Cuco", o primeiro livro sobre seu novo personagem, o detetive Cormoron Strike. Mas creio que nesse segundo volume a autora realmente consolidou seus personagens e posso dizer que estou muito ansiosa pelas próximas histórias.  Por isso que  "O bicho-da-seda" entra em segundo lugar na minha lista por ser um romance policial inteligente e daqueles que não conseguimos parar de virar as páginas até acabar. 

Landline  - Rainbow Rowell





Como já disse em minha resenha desse livro eu leria até a lista de supermercado da Rainbow Rowell por isso, sim, Landline está na minha lista de melhores desse ano. Mas tenho uma confissão a fazer: eu também li Eleanor & Park esse ano. Antes que vocês resolvam me atacar por ter escolhido Landline, tenho que me justificar dizendo que sim, eu gostei bastante de Eleanor & Park. Sim, fiquei até altas horas da madrugada para acabar de ler. Porém, acho que o meu problema foi com o casal em si, que não me convenceu tanto. Não me entendam mal, adorei o romance dos dois, mas não sei.. não é meu preferido da autora, que continua sendo Fangirl. Voltando a Landline, adorei conhecer Georgie e Neal, para mim é a história mais madura de Rainbow e merece conhecimento.

Nathaly

Extremely loud and incredibly close - Jonathan Safran Foer





Lanço o desafio: quem consegue repetir o nome desse livro três vezes falando rápido sem errar o inglês? Desafio mesmo é falar sobre essa leitura e o quanto ela me marcou. É muito bem escrito, tem aquelas frases de gastar caneta marcando sem arrependimento, é triste e bonito. Tem tradução em português, recomendo que procurem!

Amy and Roger´s epic detour - Morgan Matson





Essa foi uma leitura que mexeu bastante comigo e de formas que eu não esperava. As aventuras de Amy e Roger cruzando os Estados Unidos de carro, as playlists, todos os sentimentos... É um livro pra reler sempre, de tão bom que é.

A ilha dos dissidentes - Bárbara Morais




Eu já imaginava que iria gostar do livro antes mesmo de ler, então vocês podem ter uma ideia de o quanto minhas expectativas eram altas (e eu comecei a resenha do livro aqui dizendo exatamente isso, sou repetitiva). E não me decepcionei! A história de Sybill e o mundo dos Anômalos é tão bem narrada e cativante que se eu tivesse a grana, presenteava todo mundo com um exemplar desse livro.

Robertha


Cinder - Marissa Meyer




Cinder reúne ficção científica e conto de fadas. Marissa Meyer criou uma Cinderella ciborgue e um mundo cheio robôs e peças de metal. Ao invés de ratinhos, ela tem seu androide cheio de personalidade. No lugar do borralho, tem a sua oficina em que arruma peças que já eram consideradas inúteis. Cinder é um livro tão bom, mas tão bom, que você não consegue parar de ler até ver o fim. A autora costurou a narrativa de uma forma tão despretensiosa e, ao mesmo tempo, cheia de detalhes que você se sente dentro do mundo de Cinder e a cada página você se surpreende com alguma coisa. Corre e coloca na sua lista de 2015! 





Recomeço - Cat Patrick



Esse livro entrou para minha lista de favoritos de 2014 pelo simples motivo dele ser leve, ter uma estória que te prende e terminar em um só volume, o que foge do mundo de trilogias e séries tão normais hoje em dia. É uma mistura de ficção-científica, romance e problemas do cotidiano. A autora já usou essa técnica em seu primeiro volume lançado no Brasil, Deslembrança e, também, deu muito certo. Vale a pena!





Lua de Mel - Sophie Kinsella



Mais um livro da diva Sophie Kinsella, a rainha do chick-lit que nunca decepciona. Em Lua de Mel, Sophie traz uma novidade em sua narrativa. O livro tem duas protagonistas e os capítulos são narrados de forma intercalada e em primeira pessoa. Dessa forma, o leitor consegue acompanhar o ponto de vista de ambas. Além disso, durante a narrativa, a autora traz estórias paralelas de outros personagens, o que acaba enriquecendo a trama. Aqui você poderá ler a resenha completa.

Um comentário:

  1. Oi Meninas... estou lendo "Lua de Mel" e confesso que sou adorando... Sou um pouco suspeita pra falar porque adoro a Sophie Kinsella, essa autora sabe como prender seus leitores viu? Muito bom mesmo.

    Tenho um blog, e fiz um post sobre livros que comprei em 2014 e AINDA não li... por falta de tempo!!!!

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres