Este livro foi lido para o Desafio Literário do Tigre. O tema de setembro era "música".

Conheci Sábado à noite pelo blog da autora Babi Dewet há alguns anos atrás. Por lá fiquei sabendo que o livro tinha sido originado de uma fanfic da banda McFly e mesmo não sendo fã da banda curto muito ler autores nacionais e finalmente resolvi conhecer a história dos marotos. 

Os tais marotos são um grupo de garotos que são considerados "perdedores" na escola. Somente por serem diferentes do restante dos outros alunos e não se importarem com o que os outros pensem dele. Bem diferente de Amanda e suas amigas que são as populares do colégio, aquelas que todas as meninas querem ser e todos os meninos querem namorar. Elas simplesmente fazem tudo pensando na imagem delas e o que as tornam legais ou não.

A história foca mais no casal Daniel e Amanda. Os dois são amigos há bastante tempo, mas acabaram se afastando. Todos pensam que a menina resolveu se distanciar por achar que não pega bem para sua imagem andar com o rapaz. Mas o verdadeiro problema é que ela se apaixonou pelo menino ao mesmo tempo que a melhor amiga e em respeito a amizade resolveu se afastar. Porém, agora o sentimento está crescendo e como ele é correspondido fica difícil para Amanda esconder sua vontade de ficar com Daniel.

O grande problema dos dois é falta de diálogo. Vou dar um desconto porque eles são adolescentes, mas grande parte dos problemas poderiam ser resolvidos com uma boa conversa. Apesar de me irritar com certas atitudes de ambas as partes, adorei acompanhar o desenvolver fofo da história entre os dois e ficar torcendo por um final feliz.

O livro tem esse clima bem colegial mesmo. Quando esse tipo de coisa de popularidade parece tão importante. E claro, fazemos escolhas que parecem as únicas no momento, mas que depois percebemos o quão errados estávamos. Acho também que a história faz refletir até onde vale essa coisa de popularidade e até onde você é capaz de ir para atingir esse objetivo. Sábado à noite vale a leitura por ser uma história de amor bem realista entre dois adolescentes, afinal quem não sofreu com o primeiro amor?

2 comentários:

  1. Achei interessante! Fiquei numa dificuldade esse mês para escolher o livro que leria para o desafio! Não conhecia esse, senão teria procurado!

    Samara - www.infinitoslivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também tive dificuldade de escolher o livro desse mês poque não sou muito fã de biografias. Mas lembrei desse e não me arrependi na escolha. Vale a pena ler =)

    ResponderExcluir

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres