Mais um ano chegou ao fim! Esperamos que em 2013 você tenha lido livros tão legais quanto os que lemos, e que em 2014 você (e a gente também, porquê não?) possa ler mais ainda! Aqui estão nossos três livros favoritos de 2013! Feliz Ano-Novo e um ótimo 2014 cheio de paz, saúde, felicidade e boas leituras! 


Lista da Giselle


Fangirl

Chega a ser difícil explicar o nível de identificação que tenho com esse livro. Começa meio devagarzinho e quando você vai ver não consegue mais parar. Creio que esse foi um dos poucos, se não único, livro que marquei diversos trechos e senti tudo o que acontecia aos personagens como se fosse comigo. Um livro simples que na verdade é muito mais do que parece. Esse é uma indicação para a vida.




Scarlet

Simplesmente amei a história de Cinder. Como adoro adaptações de contos de fadas não tinha como não amar uma Cinderela Ciborgue. Mas a história que me conquistou mesmo foi a de Scarlet e Wolf. Pela personagem ser um pouco mais velha que Cinder, o tom da história dos dois foi mais adulta e séria e cheia de reviravoltas tensas. E claro que a autora deu um passo a frente em sua série. Não vejo a hora de ler a continuação!





Attachments

Sim, mais um da Rainbow Rowell! O que dizer? Essa moça sabe escrever uma história! Quando li Fangirl precisava de mais uma dose da escrita da autora por isso escolhi Attachments. Não estava muito confiante no fato do livro ser contado boa parte em e-mails, apesar de eu ter gostado da série Garoto da Meg Cabot. Mas mais uma vez a Rainbow me surpreendeu! Esse livro é incrível! Mais adulto que Fangirl e como se passa lá no início da década de 90 é engraçado ver a história com o começo da internet e com citações de filmes da época. E claro, mais uma vez é impossível não se identificar com os personagens e torcer pelo final feliz.



Lista da Nathaly

Fangirl

Esse é um daqueles livros que você começa a ler achando que vai ser legal, vai ser divertido e é tão mais do que isso que você manda e-mails quilométricos para sua amiga debatendo a cada frase o quanto a história é ótima e você se identifica com tudo. Leiam! Só isso que eu digo!







O Sol é Para Todos

Um livro agridoce. É lindo demais, a história perfeitamente narrada pela Scout, mas ao mesmo tempo é triste. É um clássico que todo mundo deveria ler, porque além de ser o máximo, não tem aquela linguagem rebuscada e difícil. Ele faz você refletir pra caramba e ficar com o coração apertadinho, o que nem sempre é divertido, mas é necessário. Eu fiz uma resenha do livro e do filme com o Gregory Peck (ah, seu lindo!) aqui.





A Quinta Onda

Você de repente percebe que parou de respirar de tanta tensão e briga consigo mesma, afinal, não vale desmaiar sem ar e ficar sem saber o que acontece na história. Essa é a perfeita definição de A Quinta Onda pra mim, um livro com ritmo bom e cheio de personagens não confiáveis. Eu pedi esse livro na cara de pau de aniversário pra Robertha e valeu a pena a momentânea falta de vergonha na cara - recomendo que façam o mesmo com suas amigas ou parentes, porque o livro vale a pena!




Lista da Robertha


 Insurgente

O primeiro livro da trilogia já estava no meu top 3 do ano passado e não poderia ser diferente com o segundo volume. Veronica Roth continuou a saga de maneira brilhante e me atrevo falar que não só manteve a qualidade, mas que superou todas as expectativas. Insurgente nos apresenta uma Tris mais humana, menos limitada a ser somente corajosa o tempo todo e que se permite viver seus sentimentos. É com certeza um best seller.





Fiquei com o Seu Número

Nesse novo lançamento, Sophie Kinsella nos apresenta a protagonista Poppy Wyatt. Como já é marca registrada da autora, o livro é super engraçado e fácil de ler. Os personagens foram muito bem construídos e a protagonista não é a típica personagem irritante de chick lit. Vale a pena colocar esse título como "desejado". Mais uma aposta de Sophie Kinsella que deu super certo e com certeza entrou para a lista dos meus favoritos.

Resenha aqui




Gata Branca

É o primeiro volume da série Mestres da Maldição.Gata Branca é um livro super diferente de qualquer outro que já li. A história te prende do começo ao fim e é muito bem amarrada. A autora conseguiu não deixar nada de fora e, ainda assim, fazer com que em toda página aconteça algo. Duas coisas foram cruciais para mim: a história é narrada por Cassel em primeira pessoa e ele não é nada perfeito e feito exclusivamente para que você se apaixone. Ele é todo "errado", tem um passado que o condena e é cheio de pensamentos maldosos. O livro é ótimo e sem dúvida um dos meus favoritos.

Resenha aqui

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres