Viajar no tempo pode ser muito divertido se você for o Doctor. Mas se você for Henry DeTemble, tudo é mais complicado.

Henry viaja no tempo, geralmente para o passado mas também para o futuro, toda a vez que sente uma emoção muito forte. Em uma dessas viagens, ele acaba conhecendo Clare, e vai encontrá-la diversas vezes mais, porque ela também faz parte do futuro dele (Será que ela é a "mulher" do título do livro? Será?).

Audrey Niffenegger cria uma história fantástica com personagens muito bem desenvolvidos, que te prendem na história e te envolvem, como se fossem mais do que ficção, como se saíssem do papel de tão realísticos. Isso para dizer o mínimo, porque não há palavras para o quanto esse livro é fascinante e te deixa impressão em você por vários dias.

Essa é uma daquelas leituras que mexe tanto com você (em um bom sentido) que fica até difícil fazer uma resenha que faça justiça a toda a qualidade do livro, mas sério, se o que você procura é uma ótima história para ler, corra atrás desse livro porque ele merece muito ser lido!

0 comentários:

Postar um comentário

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres