Leaving Paradise é um livro sobre consequências. Há meses atrás Caleb saiu de uma festa bêbado e atropelou Maggie, sua vizinha e melhor amiga de sua irmã gêmea. Aquela noite mudou completamente a vida dos dois. O garoto é condenado a um centro de correção juvenil e a menina fica meses presa em um hospital pelos danos causados a uma de suas pernas.

Caleb consegue sair antes e volta para sua cidade Paradise para tentar voltar a sua vida normal. O mesmo tenta Maggie que depois do acidente perdeu tudo, o movimento de uma perna, as amigas, o tênis. O problema é que eles acabam percebendo que eles não tem mais uma vida ao qual voltar e percebem que têm mais em comum do que poderiam imaginar.

A história do livro é muito bem construída, desde o drama familiar das duas famílias até a maneira que os dois jovens se aproximam. Podemos acompanhar todas as consequências de apenas uma noite e como ela definiu a vida deles. A escrita da autora é fluida e uma delícia de ler.  Além do acidente, o livro traz temas como bullying, relacionamentos, confiança e maturidade. Talvez o único problema do livro seja o final abrupto. Contundo, no geral, Leaving Paradise é um ótimo refresco de todos os romances sobrenaturais do momento.

Um comentário:

Sigam-nos os bons!

Giselle lê

Robertha lê

Nathaly lê

Tecnologia do Blogger.

Ache no blog

Curte aí!

140 caracteres